Polícia paulista mata 11 assaltantes que atacaram duas agências bancárias no interior; era um bando de 25

Read Time1 Minute, 59 Seconds

Uma tentativa de assalto a duas agências bancárias no município de Guararema, na região metropolitana de São Paulo, terminou com 11 pessoas mortas na madrugada de hoje (4). De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, todas as vítimas eram criminosos envolvidos na ação.

Segundo a polícia, cerca de 25 criminosos tentavam explodir caixas eletrônicos quando foram surpreendidos por policiais militares. Na tentativa de fuga, os bandidos atiraram contra as equipes policiais. Houve perseguição e troca de tiros em diferentes pontos do município. Parte dos criminosos chegou a fazer reféns em uma residência, mas as vítimas foram libertadas.

GUARAREMA,SP,04.04.2019:TENTATIVA-ROUBO-BANCOS-TIROTEIO-GUARAREMA – Tentativa de roubo a dois bancos termina com tiroteio em Guararema (SP), na madrugada desta quinta-feira (4). De acordo com a Polícia Civil, eram 30 criminosos. Oito deles morreram. Uma das mortes ocorreu quando um assaltante fazia uma família refém, durante a fuga, e foi baleado. A ação começou por volta das 4h na estrada municipal Doutor Hércules Campagnoli, na região central da cidade. A quadrilha chegou em vários carros e tentou roubar os caixas dos bancos do Brasil e do Santander. (Foto: Jonny Ueda/Futura Press/Folhapress)

As buscas continuam na manhã de hoje. Equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) e do Centro de Operações Especiais (Coe) auxiliam o policiamento local. Foram apreendidos sete fuzis, quatro pistolas, explosivos e coletes balísticos, utilizados pelos bandidos.

A Superintendência da Polícia Técnico-Científica informou que vai reforçar as equipes de peritos para atender à ocorrência, que será investigada pela Polícia Civil.

Segunda nota enviada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), até o momento, foram apreendidos sete fuzis, quatro pistolas, sendo duas calibre 12, além de explosivos, coletes balísticos e três veículos – dois deles blindados.

A secretaria informa que 11 criminosos baleados durante o trabalho policial não resistiram aos ferimentos. Um foi preso por equipes do Comando e Operações Especiais (COE). A Superintendência da Polícia Técnico-Científica reforçou as equipes de peritos para atender à ocorrência, que será investigada pela Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil.

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close