Para seus contatos
Read Time1 Minute, 19 Second

Professor Thiago Garcia Henrique morreu na hora. Crime ocorreu na noite deste sábado (30), em Brasília

Um policial civil de Goiás matou um professor de educação física, na noite deste sábado (30), em Vicente Pires. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o agente Raimundo Anderson Cunha Amorim atirou em Thiago Garcia Henrique, 30 anos, e, depois, tirou a própria vida. O caso é investigado como homicídio seguido de suicídio.

Segundo as investigações, o crime ocorreu por volta das 22h, dentro da casa da ex-companheira do suspeito, no Condomínio Esperança. O nome dela não foi divulgado. Thiago, morto a tiros, mantinha um relacionamento com a mulher que testemunhou o assassinato.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para socorrer as vítimas. Os militares constataram o óbito ao chegar no local.

A família de Thiago disse que o professor já havia sido ameaçado pelo policial civil no local onde trabalhava e que ele “sabia que a companheira tinha um relacionamento mal resolvido”.

O caso foi registrado na 38ª Delegacia de Polícia. A corporação não informou se arma usada no crime é a mesma utilizada em serviço. A perícia foi chamada, e um laudo deve apontar as circunstâncias do crime. Via G1/DF

LEIA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *