Local está em uma ilha paradisíaca e impressiona com as paisagens

É oficial: o resort mais caro do mundo abriu suas portas aos hóspedes. O Banwa Private Island, no arquipélago de Palawan, nas Filipinas, oferece aos visitantes uma área particular, em que eles vão poder praticar tênis, caiaque e voleibol de praia, além de nadar nas águas límpidas e azuis do Mar de Sulu. O valor? 89.350 euros por noite, ou seja, quase R$ 400 mil.

De acordo com informações do portal The Independent , o resort paradisíaco isolado pode acomodar apenas 48 pessoas por vez, que serão alojadas em uma das seis vilas de frente para a praia, que contam com um deck privativo com jacuzzi e uma piscina de borda infinita.  Há também 12 quartos no jardim e uma suíte residencial de alto nível.

No local, cada quarto possui janelas do chão ao teto que oferecem aos hóspedes vistas da água que está à volta, da paisagem tropical exuberante do local ou da praia de areia branca. A hospedagem também promove uma dieta saudável, já que a maior parte da comida servida, como os vegetais, é cultivada localmente em fazenda própria orgânica.

Além de uma cozinha aberta e refeições servidas enquanto observam as estrelas, os hóspedes também terão a experiência de uma nutricionista, que ajudará a “criar planos de refeição perfeitamente equilibrados”. Ainda é possível se juntar aos chefs para uma aula de culinária e aprender um pouco mais sobre os pratos.

Para chegar até ao resort , no entanto, é necessário ir de helicóptero, jato particular ou hidroavião. O local ainda possui ginásio, sala de massagens, estúdio de pilates, campo de futebol, quadra de tênis e pista de cooper. Apesar do valor exuberante da diária, dependendo da época do ano, o visitante precisará ter um estadia mínima de três ou cinco noites.