Terremoto no Peru é sentido por moradores em Porto Velho

Read Time2 Minutes, 7 Seconds

Terremoto no Peru teve magnitude 7,2 graus. Moradores relataram tremor pelas redes sociais

terremoto de magnitude 7,2 graus, registrado no Peru na madrugada deste domingo (26), foi sentido por moradores de Porto Velho. Algumas pessoas relataram o tremor em redes sociais e o susto ao acordar com a lustres e paredes balançando.

“Bom dia pra você que acordou às 3:45h da manhã com o prédio balançando sem saber se pulava da janela, descia pelas escadas ou chamava um Uber. Foi tenso mano #terremotoperu2019”, disse um internauta.

Segundo a Defesa Civil, a região da cidade que mais sentiu o tremor foi a central, mas o abalo sísmico ainda pôde ser percebido em prédios na Zona Norte e Leste da cidade.

“As equipes da Defesa Civil vistoriaram os prédios e não houve comprometimento das estruturas. Fomos acionados pelo Ciop, pelos bombeiros e pela própria população por volta das 3h. As pessoas ligaram muito assustadas com o tremor. Felizmente nenhum prédio foi comprometido”, informou Marcelo Santos, coordenador da Defesa Civil.

Terremoto no Peru

Um terremoto com uma magnitude de 7,2 graus foi detectado no Alto Amazonas do Peru, a cerca de 70 Km a sudeste do distrito de Lagunas, segundo informou o Instituto Geofísico Peruano (IGP).

Pelo menos uma pessoa morreu e outras 11 ficaram feridas no Peru, além de outros seis feridos no Equador, por causa do terremoto que atingiu o Alto Amazonas peruano na madrugada deste domingo (26), de acordo com informações do Serviço Nacional de Gestão de Riscos e Emergências equatoriano e do jornal peruano “El Comercio”.

O tremor foi sentido em todo o Peru, na Colômbia, no Equador, no Acre, Rondônia e no Amazonas, afirma o”El Comercio”. O terremoto foi detectado a cerca de 70km a sudeste do distrito de Lagunas, às 3h41 do horário de Brasília, a uma profundidade de 141 quilômetros, segundo informou o Instituto Geofísico Peruano (IGP).

Segundo o “El Comercio”, por volta das 16h deste domingo (26) havia um morto, 11 pessoas feridas e 53 moradias inabitáveis no Peru. Outras 51 casas tiveram algum dano na estrutura, além de cinco instituições de ensino. Várias estradas foram bloqueadas nas regiões de San Martín e Amazonas (no Peru).

Os seis feridos no Equador estavam nas províncias de Los Ríos, Loja, Zamora Chinchipe, Morona Santiago e Santo Domingo de los Tsáchilas, segundo comunicado feito no Twitter pelo Serviço Nacional de Gestão de Riscos e Emergências equatoriano.

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close