O ex-secretário Williames Pimentel continua foragido

Foi determinado pela Justiça o relaxamento de prisão temporária de 7 pessoas detidas durante a Operação Pouso Forçado deflagrada na manhã de sexta-feira (29) pela Polícia Civil de Rondônia, por meio da Delegacia Especializada em Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Os servidores soltos ainda na noite de ontem foram identificados como Maria do Socorro R. S., 48, (ex-secretária adjunta da Sesau), Eliana Silvestrini A., 57, (ex-secretária do TFD), Rosimar G. V. X., 51, (assessora Sesau), Domitília S. F. M., 37, (enfermeira), Diana P. S., 45, (enfermeira), Rozenita A. P., 54, (assessora Sesau) e Tiago R. P., 32, também da Sesau (Secretaria Estadual de Saúde).

Maiorquin (esq) foi liberado, Pimentel segue foragido

Eles estavam com prisão temporária de cinco dias junto com mais 6 pessoas, mas tiveram o relaxamento da decisão judicial e foram liberados. O ex-secretário de saúde Willimes Pimentel continua foragido. 

A Operação Pouso Forçado trouxe à público uma suposta irregularidade em um contrato de serviço de transporte aéreo de pacientes firmado com a Secretaria Estadual de Saúde – Sesau/RO.

Na denúncia dos agentes da Delegacia de Combate ao Crime Organizado – Draco, a empresa Rio Madeira Transporte Aéreo não estaria cumprindo as disposições contratuais com o apoio de gestores da secretaria. 

Com Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *