Vídeo mostra momento em que homem atira conta ex-esposa e filha em hospital de Jaru; confira

Compartilhe
Read Time2 Minute, 35 Second

Imagens de câmeras de segurança também mostram ação da polícia. “A única coisa que eu pensei na hora foi ‘eu não posso deixar essa mulher e essa criança morrerem”’, disse um dos PMs que atendeu a ocorrência

Imagens do circuito interno de monitoramento do Hospital Municipal de Jaru (RO), na Região do Vale do Jamari, mostram o momento em que policiais militares chegam na unidade onde um homem de 28 anos mantinha a ex-mulher e a filha reféns O caso aconteceu na noite da última quarta-feira (15), e as imagens foram divulgadas nesta sexta-feira (17).

O suspeito, que não aceita o fim do casamento, chegou a atirar contra as vítimas na recepção do hospital, mas a bala não acertou a criança e a mulher, de 26 anos.

Segundo a Polícia Militar (PM), em 25 dezembro de 2019 a mulher pediu o divórcio. E na noite de quarta-feira, solicitou que o homem levasse ao hospital as coisas da filha que tinham ficado na casa dele.

Ao chegar no local o homem agiu naturalmente e pediu que a ex-companheira o acompanhasse ao estacionamento, pois os objetos da criança estariam dentro do carro. Quando chegou no veículo, de acordo com a polícia, o suspeito mostrou o revólver e ameaçou a ex.

Quando entrou novamente no hospital, a ex-mulher do suspeito pediu ajuda e uma testemunha saiu disfarçadamente da unidade para chamar a polícia.

Com a chegada dos agentes o homem foi para perto da mulher e da criança e sacou a arma da cintura. Ele apontou a arma na altura da cabeça das vítima e chegou a atirar, mas a bala desviou.

“Quando chegamos para atender a ocorrência o homem estava com a arma escondida, por isso chegamos perto dele tranquilamente e o chamamos para conversar fora do hospital. Mas ele não falou nada e foi pra cima das vítimas. A única coisa que eu pensei na hora foi ‘eu não posso deixar essa mulher e essa criança morrerem’ então fui pra cima da arma e segurei o braço dele”, conta o PM Thiago Andrade que aparece no vídeo junto com o cabo Jaime Alves.

Enquanto o suspeito e o policial estavam em luta corporal a vítima conseguiu fugir. Então os agentes balearam o homem, que caiu no chão.

Depois disso a equipe médica do hospital foi chamada para socorrer o suspeito.

O homem precisou ser internado devido os ferimentos. Na manhã desta sexta-feira (17), o Hospital Municipal de Jaru informou que ele foi encaminhado à Unidade de terapia intensiva (UTI) de um hospital de Cacoal.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, além da arma que o suspeito usava, os policiais encontraram um facão dentro do veículo estacionado no pátio do hospital. Com G1

+Destaques

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close